Nossa História


Uma empresa totalmente convertida para seus clientes. Foi determinado que assim seria desde o  princípio, numa noite de abril do ano de 1979 em um restaurante de Porto Alegre quando os fundadores Ivar Piazzeta e Francisco Boeira escolheram o nome PACTUM entre alguns outros escritos em um guardanapo.

PACTUM.

Nomes costumam ser determinantes de destinos.

E assim se mostrou mais uma vez nesse caso, pois em latim a palavra significa ‘pacto’ e resume perfeitamente o credo e compromisso de todos os sócios e colaboradores da empresa para com os clientes e as comunidades em que estão envolvidos há quase 40 anos.

Desde o início os profissionais se reunirão em torno dos fundadores para ‘assegurar aos clientes o amplo exercício de seus Direitos’, por verificarem que além do exagero e injustiça da tributação do Estado Brasileiro que recai sobre as indústrias em especial e as empresas em geral, havia também outra distorção, que era a desaceleração do desenvolvimento social e comunitário.

Isto porque o Estado é um péssimo administrador de recursos, enquanto são empresas, os empresários e as famílias empresárias os verdadeiros catalisadores do desenvolvimento da sociedade.

Assim, de modo a verdadeiramente cumprir com seu propósito enquanto organização, a PACTUM precisava usar todos os recursos técnicos de suas expertises jurídicas e fiscais para construir com seus clientes os modelos tributários de negócios mais eficientes possíveis, assegurando com isso que mais recursos ficassem à disposição das empresas e, com isso, maior desenvolvimento fosse gerado.

Após os primeiros anos de fundação, e com o sucesso do modelo e o reconhecimento de nossos clientes, veio a primeira onda de expansão da operação, com a abertura dos escritórios de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Minas Gerais.

No ano de 2011 a empresa atravessou bem sucedido processo de sucessão, concluído em 2014, mais uma prova do acerto da visão dos fundadores, que desde o primeiro dia idealizaram uma estrutura profissional e preparam a organização para a longevidade, plantando a semente da Governança Corporativa.

Sempre pioneira, a marca continua presente nos principais centros econômicos do Brasil e continua atenta à necessidade de reinvenção constante.

Muito mudou ao longo dessas quatro décadas de atuação. A relação entre o Fisco e o Contribuinte caminha para um processo de digitalização total e a disrupção é uma realidade também para os serviços profissionais.

Atentos à evolução do mercado e cientes de que a tributação continua sendo fator estratégico para o sucesso dos clientes a Pactum investe continuamente no desenvolvimento de soluções baseadas em inteligência artificial, advanced analytics e big data e outras tecnologias, tudo para continuar mantendo seu próprio modelo de negócios válido e com isso permanecer uma empresa válida.

Tudo para continuar honrando nosso pacto com nossos clientes.

Palavra do Fundador


Tocar um negócio, especialmente no Brasil, é ato de competência, mas mais do que isto, às vezes até de heroísmo. Empresários, executivos e profissionais são até mesmo geniais na arte de produzir e fornecer bens e serviços, a partir da compreensão das necessidades e demandas dos clientes e consumidores.

A genialidade está em muitos aspectos: na busca de capital e no enfrentamento dos riscos do negócio; na necessidade de tecnologia e na criatividade em que desenvolvem suas atividades; no enfrentamento da concorrência de todas as partes e todos os níveis e no desenvolvimento de marketing e de marcas poderosas; na formação de pessoas, executivos e dirigentes e, especialmente, em saber conviver ou agüentar uma burocracia sem precedentes, que além disto cobra 40% do faturamento à título de tributos e que cria uma torrente de dificuldades, desde a contabilidade até a constante necessidade de certidões negativas, verdadeiras proibições de operar, além de outros controles e registros em órgãos da saúde, da educação, da indústria e comércio, sindicatos, etc.

Para esses gênios difícil é administrar a massa legal, com milhares de leis e uma dinâmica única, onde se verificam riscos e oportunidades, aliás, muitos já perceberam que no cenário em que as empresas estão atravessando se faz necessário olhar a gestão e as consultorias de modo estratégico e trabalhar integralmente com elas para reduzir os riscos e potencializar os resultados.

Ivar Luiz Nunes Piazzeta